Como Testar Somente no Final (Sem Surpresas Desagradáveis)


Fato: a maioria das empresas que desenvolvem software tem processos muito bem definidos, mas estes processos não contemplam os testes. Deixam tudo para o final.

Parece que somos contra os desenvolvedores... Mas entendam mal, não é isto... Leia o texto todo. Gostamos de desenvolvedores!

Se você amigo de testes trabalha em uma destas empresas seguem algumas dicas para não se surpreender no final e nem passar seu merecido final de semana olhando para a tela de um computador.

 

Dica 1 - O desenvolvimento é seu amigo:

Tenha um bom relacionamento com os desenvolvedores. Nada mais produtivo do que participar do processo de criação do software. Muitas empresas isolam completamente a área de testes... Ledo engano! Nós devemos e somos parte do desenvolvimento. Aproxime-se do time de desenvolvimento, participe da discussão de ideias de criação, seja parte do processo criativo... E ache alguns tolos bugs ou problemas conceituais com isso!

 

Dica 2 - Comece a testar Já!

 

Carinhosamente procure o chefe de desenvolvimento. Diga a ele que você precisa de um release inicial para testar o conceito do software. Seja parceiro dele. Você participará do processo criativo e de modelagem do software e ganha muito com a antecipação de erros... Não faça cara de mau para quem vai ou não (Na maioria das vezes sim) garantir seu fim de semana.

 

Dica 3 - Seja duro... Sem ser rude.

 

"Ahhhhhh isto é um Bug recorrente, já tinha na versão anterior... Passa que corrigimos na próxima" Quase caio da cadeira quando ouço isto. Sim... Seu software tem problemas recorrentes e ele pode ser o responsável por você não ir aquela festa do seu amigo... Tente sempre argumentar com todos os participantes do processo para que chavões como este não ocorram. Bug é Bug. Não importa em qual versão.

 

Dica 4 - Devolva já!!!

 

Sabe aquele Bug que você encontrou e quer confirmar, mas devido o tempo de se testar as demais funcionalidades você acaba deixando para trás? Ele vai perturbar seu sono. Faça o seguinte: crie duas filas. Uma de Bugs prováveis e uma de confirmados. Os confirmados devem seguir imediatamente para correção. Os a confirmar devem, como diz o nome, ser confirmados o quanto antes. Se não der tempo, uma semana antes da entrega sutilmente envie ao desenvolvimento para confirmação. Melhor mandar um Bug mesmo que seja não confirmado do que ele te atormentar no ambiente de produção do seu cliente...

 

Dica 5 - O Inimigo de seu Amigo é seu Inimigo também.

 

Vamos ao fato: o desenvolvedor abre aquele código que jamais viu na vida. Antes de um infarto ou de dizer que vai ficar em casa por conta de um resfriado o desenvolvedor vai fazer o belo Ctrl+C e Ctrl+V do código e tentar mexer. Tenha certeza que isso vai dar problema... E você deve estar preparado para isso... Tenha sempre versões anteriores guardadas em seu ambiente de testes. Aprenda um pouco de código (Não se torne desenvolvedor! Ai sim seus fins de semana serão intensos!) mas o suficiente para ver que algo mudou.

 

Dica 6 - Documente. Por quê?

 

Amigo. Seja em uma planilha de Cálculo ou no software de sua preferência tenha sempre em mãos as versões de seus testes. Isso ajuda e muito na hora de fazer testes. Realmente muita coisa muda ao longo do desenvolvimento, mas se você não ter o histórico das versões você jamais saberá o que mudou... Eis o porquê.

 

Dica 7 - Quando o tempo já é programado.

 

Felizmente eu sei que você amigo testador tem tempo de sobra para testar. Claro... Você passa a maior parte do mês olhando redes sociais e só trabalha no final do mês quando tem que entregar o build correto?

Esta é a visão mais mundana do nosso mundo amigos... Mas em muitos casos é a realidade. Seja mais proativo. Acostume-se a colocar prazos bem definidos. Você conhece estimativas? Conhece a Matriz GUT? Não? Deveria! Estude um pouco sobre os métodos de avaliação de tempos de testes para evitar surpresas. Cinema no fim de semana garantido.

 

Dica 8 - Ninguém gosta de você! Ninguém gosta de você!

 

É. É verdade. "A equipe de testes continua testando... Se eles testarem mais vão achar um monte de Bugs e não vai dar tempo de entregar..." Bem... Eu você, seu amigo do lado... Todos eles que trabalham com  testes são Persona non grata. Isso mesmo. Você sempre será o responsável por atrasos na entrega porque você acha erros! Aqui vale a máxima do tempo, da boa convivência e da estratégia. Você não está ai para destruir o trabalho dos desenvolvedores... Está ai para ajudar no processo. Faça-os entender isso. E sempre os lembre disto. Por isso programe os testes com tempo suficiente.

 

Dica 9 - Quando tudo não der certo...

 

Que beleza! Seu chefe: "É Joãozinho... Deu não... Os caras do desenvolvimento vão entregar a versão na sexta as 15:00h. Temos que testar na sexta até a hora que der e se não der tempo no fim de semana...." é para acabar o casamento ou namoro. E vá por minha dica. Vai acabar.

Para evitar constrangimentos tente criar uma Matriz de Testes. Nesta matriz você irá pontuar do ponto de vista do cliente o que faz sentido testar, qual a importância do teste, qual a ordem de se testar e como deve ser priorizado o teste. A cobertura do seu teste deve ser identificada. Nunca, jamais, de forma alguma pense em testar TUDO de novo... Não faz sentido! Conheça o que se testa e as implicações do seu teste. Garanta uma cobertura de no mínimo 90% das principais funcionalidades e vá baixando a importância em relação a prioridade de testes. Teste o necessário primeiro, o que se deve garantir que funciona e deixe as prioridades menores para o final. Garante que vai dar tempo de chegar na festa que sua esposa ou namorada queria ir. Mesmo sem você.

 

Dica 10 - Local. 

Vá para a Praia.

 

Oferecemos um curso gratuito por email projetado para ajudá-lo a aproveitar o poder da qualidade.

Você receberá um e-mail por semana lhe mostrando os 7 passos para mudar seus conceitos sobre Projetos e Qualidade de Software: 

 

Peça seu diagnóstico de Qualidade

Aplique-se preenchendo o formulário e descubra oportunidades não exploradas pela sua empresa, deixe-nos ajudá-lo a entender suas necessidades de Projetos e Qualidade!

Bom proveito!

Home Blog Quallis Como Testar Somente no Final (Sem Surpresas Desagradáveis)

Conectar-se Conosco

Contatos Rápidos

  • Telefone:
    (11) 96968-3567

    Comercial:
    O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. 

    RH:
    O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. 

    Quallis Training: 
    O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Nossa Atuação

1

Quallis, São Paulo , Brasil

2

Clientes, Houston , USA

3

Clientes, Argentina e Chile